senior ganha presente
Um artigo publicado recentemente pela revista Exame proclama que os seniores de hoje podem ser com justiça considerados o grupo que forjou a sociedade de consumo. Hoje, mais maduros, os chamados baby boomers (pessoas nascidas entre 1946 e 1960) continuam enchendo lojas e shopping centers. Um estudo de uma consultoria ligada à Universidade de Oxford diz que os americanos com 50 anos ou mais movimentam 7,1 trilhões de dólares por ano. Se formassem um país independente, seriam o terceiro maior PIB, atrás de Estados Unidos e China.
A revista informa que os baby boomers<a são líderes de compras em 119 das 123 categorias de bens de consumo, controlam 80% da riqueza e gastam 90 bilhões de dólares por ano em carros — 28% mais do que os com menos de 50.
Essa geração é a primeira que cresceu com aparelhos eletrônicos dentro de casa e testemunhou o surgimento do computador e da internet. Isso a tornou ávida por tecnologia. No ano 2000, só 36% das pessoas na faixa de 50 aos 65 anos já haviam usado a internet. Em 2012, esse número chegou a 85%. De acordo com um levantamento da consultoria Forrester Research, os gastos com tecnologia de pessoas na faixa dos 50 aos 64 anos nos Estados Unidos representaram 40% do mercado de produtos tecnológicos. Pelos cálculos da consultoria Nielsen, 32% deles têm smartphone e, ao todo, gastam 12% mais em compras online do que a geração de 35 a 46 anos.
Os economistas Kevin M. Murphy e Robert H. Topel, da Universidade de Chicago, calcularam o valor econômico gerado pelo aumento da expectativa de vida nos Estados Unidos, entre 1970 e 2000, e chegaram a um resultado surpreendente: a vida média no período passou de 70 para 78 anos, e isso gerou 3,2 trilhões de dólares a mais de renda por ano. É um valor apenas de referência, que não entrou na contabilidade do PIB. “Esse bônus veio principalmente pela redução de mortes prematuras causadas por ataques do coração e cancer”, dizem os especialistas.
“É uma geração mais saudável, que conseguiu produzir mais por mais tempo. Adicionar anos de vida pode não ter tanto valor assim, a menos que uma pessoa de 100 anos possa viver como uma de 60”, concluíram.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s